fbpx

A Espiritualidade Xamânica

capa_bioxamanicas

Eu me lembro! Já faz alguns anos… Sim, foi em 1996 que ouvi um amigo espiritual dizer as seguintes palavras:
Aprende a cultivar uma atitude de respeito para com todos os caminhos espirituais existentes. Se você mantém esta atitude, se você respeita, está honrando a sua própria integridade, a sua própria espiritualidade. Cada um possui sua própria visão, seu próprio rito, seu próprio meio de reconexão. Mas o que o aconselho hoje é a experiência da compreensão, viva, inteligente, que faz crescer a consciência e ampliar o coração.

Anotei as suas sábias palavras em um diário espiritual e agora as compartilho pela ressonância com o tema deste livro. De certa forma, as
práticas bioxamânicas que compartilhamos nas páginas seguintes pretendem ampliar o coração, inspirar o discernimento, a sensibilidade e crescer dentro de cada um tudo aquilo que é essencial, crescer em consciência. Encare estes escritos como uma jornada, uma trilha.
Um dos pontos importantes que aprecio nos caminhos xamânicos é a postura de manter o estado de respeito, como se estivesse em uma cerimônia do bastão-que-fala, ouvindo uma opinião sagrada. Toda opinião é sagrada, como diz o velho amigo.
Outro ponto importante que admiro nas práticas xamânicas, além da sua filosofia, dos mitos e ritos, é a possibilidade de sentir. Se você sente, você está vivo. A experiência, a vivência, o vivenciar é um grande aliado. Crescemos com as experiências. À medida que for acompanhando o relato das experiências de dezenas de praticantes nas páginas deste livro, nominado ou inominado, recomendo que dialogue com as palavras e se possível faça as práticas, mesmo que pareçam simples demais.

Perceba o que você sente com cada uma delas, como elas repercutem em você, no seu Universo Pessoal. Cada prática é um passo, uma semente. Identifique o que é útil para você e sua vida e desfrute da tecnologia da espiritualidade xamânica.

Siga a sua felicidade
Faça uma pequena pausa silenciosa. Respire lenta e profundamente, por alguns minutos. A respiração pode ajudá-lo a entrar em um estado especial de relaxamento. Quando sentir que está neste estado, pergunte ao seu coração. “Estou feliz? Estou seguindo a minha felicidade? Estou realmente seguindo a minha felicidade? O que me faz feliz?”. Escreva no seu caderno de práticas bioxamânicas as respostas dadas por seu coração.
Todos sabem da importância de ouvir o coração, sua sabedoria, sua intuição. Ou melhor, todos podem ouvir, só precisam parar para escutar.
Contudo permanece a questão: Nós escutaremos o coração ou deixaremos que a buzina dos carros, nossos outros compromissos todos roubem a nossa atenção? Por favor, valorize as suas qualidades! Lembre-se que é importante reconhecer suas riquezas interiores e agradecer. Se não fizer por você mesmo, quem o fará? É obvio que deseja qualidade de vida, bem-estar, fluidez, amor, sucesso. Comece a trabalhar sua autoestima, ouvir seu coração, seguir sua felicidade. Se amar é fundamental!
Michael Harner, autor do livro O Caminho do Xamã, afirma que o Xamanismo “é um conjunto de antigas técnicas, que os xamãs utilizam para obter e manter o bem-estar e a cura, para eles próprios e para os membros das suas comunidades”. Estes processos de cura, do qual o xamã interage e facilita, englobam os aspectos físicos, energéticos, emocionais, mentais e espirituais. As técnicas são ritos que despertam arquétipos, forças, consciência.
Ou seja, podemos dizer que somos consciência interagindo com o Campo de Sabedoria, o Oceano das Possibilidades, cocriando a nossa realidade. Navegue por estas águas de possibilidades como um convite. Um convite especial que instiga um olhar para si mesmo e chegue a uma compreensão mais efetiva de sua dinâmica interior, da sua história e de seu papel na História. Que desenvolva mais clareza e permissão da realização do sonho do Criador. Vamos lá, assim poderá descobrir com profundidade que sua vida tem significado, finalidade, propósito. Afinal, todo processo de mudança começa dentro de si. Muitas vezes queremos um mundo diferente. Para isto acontecer, Gandhi dizia, precisamos ser a mudança que queremos ver no mundo!
Se estas palavras chegaram até você, provavelmente, você cultiva a ideia de que estamos todos conectados. Já posso te considerar uma pessoa visionária, uma pessoa de visão. Seus pensamentos, necessidades e desejos te levaram a descobrir este livro. Confio que deseja ver uma mudança no mundo, ou pelo menos, melhorar a sua visão de mundo. É você é uma consciência encarnada e não está aqui somente por si mesmo, está para engrandecer a vida.
Por favor, todas as vezes que pegar este livro lembre-se da saudação xamânica utilizada pelas tradições nativas da América do Norte: Mitakuye Oyasin! Que significa: Por todas as nossas relações!. Esta saudação é proferida em várias cerimônias para honrar todas as conexões com a Teia da Vida, com tudo o que existe. Todas, sem exceção. Isso é muito abrangente… Sim, quer dizer que quando fazemos ou deixamos de fazer, fazemos por nós mesmos, por aquelas pessoas do nosso convívio, todos aqueles que cruzaram e cruzam o nosso caminho no dia a dia, com seus ensinamentos, sejam eles quais forem. Todos aqueles que vieram antes de nós. Todos aqueles que virão depois de nós. É honrar os nossos amparadores, espíritos guardiões, toda a Mãe Natureza, o Grande Espírito.
É uma expressão de poder com o intento de que possamos compartilhar o nosso melhor! Mitakuye Oyasin!

Compartilhar é o mesmo que multiplicar. Multiplicar é
um estado abundante de consciência. É como o amor, quanto
mais doamos, mais amorosos somos.
Samuel Souza de Paula

Símbolos Sagrados
Tome consciência do seu corpo, seu contorno. Tente perceber seu corpo como um templo. Agora, imagine-se bem pequeno, do tamanho do
seu polegar. Entre pelo umbigo, uma passagem secreta. Siga sua intuição e vá até a região do seu corpo que representa o altar. Caminhe por este templo interior. Como é este altar e em que região está no seu corpo? Quais os desenhos e símbolos que representam o sagrado para você? Deixe que surjam todos os símbolos que o conecta com o sagrado. Com um pergaminho em mãos desenhe os símbolos que aparecem no altar ou paredes deste templo interior. No seu tempo e ritmo, vá crescendo até ficar do tamanho do seu corpo. Quando estiver completamente encaixado nele desenhe os símbolos que surgiram em sua jornada. Se quiser pode até utilizar as laterais deste livro.

Benefícios das Práticas Bioxamânicas
Sempre afirmo nos cursos, palestras e consultorias que um dos maiores benefícios da vida é viver. Uma atitude importante para viver bem é manter uma intenção positiva, colocar energia, atenção naquilo que você quer. Pois, como escreveu Lewis Caroll: “Se você não sabe para
onde vai, qualquer caminho serve”. Acredito que você não quer qualquer caminho e se você não sabe o que quer, talvez, uma boa intenção positiva seja a de “descobrir e ter clareza das coisas que quer”.
As práticas bioxamânicas promovem o autoconhecimento, a possibilidade de identificar e superar as mais variadas limitações. Veja alguns
dos benefícios que você poderá desfrutar com as reflexões e práticas presentes neste livro:
• Você poderá aumentar sua conexão com o Eu Superior, a aceitação dos seus instintos mais profundos e a utilizar a ressonância do seu
próprio corpo com as forças da natureza.

• Aprenderá a “arte e magia do olho forte” e do “coração inteiro” que proporcionará nova perspectiva, direcionando sua energia à cocriação de uma vida bem-sucedida.
• Obterá revelações diretas, encontrará mais prazer na vida e uma abordagem simples de desenvolvimento, guiança e orientação espiritual.
• Lidar melhor com as crises, mudanças e resgatar o contato com a intuição, o discernimento e compreensão da natureza dos seres humanos.
• Fortalecer seu poder pessoal e capacidade de usar sua própria energia, criando transformações positivas em seu benefício, em benefício
dos outros e em benefício do Planeta.
• Aproveitará a oportunidade para fazer excelentes Aliados Espirituais e o cultivo de habilidades como foco, coragem, criatividade, ordem,
força, organização, clareza e mais poder de decisão.
• Ser uma pessoa mais calma, centrada e ver as coisas de uma forma muito mais simples. Honrando sua própria vida, todas as relações e
tudo o que existe.
• Tomará consciência dos ciclos reconhecendo-o nas atividades que desenvolve em seu cotidiano e despertará para a sabedoria natural
em lidar com as questões da vida.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo

Main Menu