fbpx

A leitura da borra de café

cafeomancia

O desejo do ser humano em prever o futuro pode estar em sua natureza, e o acompanha desde o início de sua existência. As runas, o tarô, a leitura das mãos, a astrologia, os búzios e a quirologia são alguns dos meios oraculares mais conhecidos, e “prometem” falar sobre o que ainda não aconteceu.
Foi embasada nessa necessidade, que civilizações árabes desenvolveram a cafeomancia: arte de prever o futuro de quem tomou o café por meio de figuras feitas na borra deixada na xícara.

A borra do café mostrará o presente e o futuro próximo, o passado será mostrado apenas se tiver relação com o presente ou com o futuro. Na realidade, trata-se de um portal de acesso aos nossos registros mais importantes, e nos aponta sempre o que deve ser resolvido de imediato, para um melhor resultado no futuro. Entrar em contato com essa técnica é também permitir-se atravessar o portal do autoconhecimento e do sagrado em sua vida, além de conhecer mais intimamente um pouco da crença de algumas culturas que assim fazem uso dessa mancia.
Por meio da leitura da xícara e do pires é possível saber sobre a vida profissional, espiritual e emocional (família,  amigos, relacionamento). Na parte emocional é possível ver o passado e até obter informações de vidas passadas, desde que tenha interferência com o momento atual e suas decisões futuras.
Mesmo que hoje em dia existam formas diferenciadas de fazer a previsão, isso não torna menos qualitativa sua mensagem, porém, o contato com o café é fundamental para uma orientação adequada, que chega a abranger até seis meses.
A energia da pessoa que degusta o café tem influência nos resultados que aparecem na xícara e no pires, nos resíduos de café, mostrando conceitos e caminhos. Essa leitura é extremamente eficiente, pois o café teve contato direto com a “porta da vida” ou com a “porta da respiração”: a boca.
A boca é um órgão especial, no qual se comunicam o corpo, o espírito e a alma com o mundo exterior, que é simbolizado pelo ar. É o local no qual o corpo físico, o corpo etérico e o corpo astral se unem. O café é um fruto da terra, que precisa de água para se transformar em bebida, de fogo para ferver a água, e da passagem pela “porta do ar”, para ser sentido. Ou seja, são quatro as bases que tomam parte do processo – Terra, Água, Fogo e Ar (espírito).

Na minha maneira de tratar o método de Leitura da Borra do Café, a boca, que representa o elemento Ar, pode ser
substituída pelo pensamento focado, que também se utiliza do elemento Ar – a mente.
Ler a Borra de Café é uma arte, assim como ler os hieróglifos. Dentro dos costumes antigos, acreditava-se que, quando havia uma previsão de maus presságios, devia-se quebrar a xícara para evitar o mal. E quando se desejava realizar o que o presságio dizia, guardava-se a xícara em um pano preto até o acontecimento.
Conheça os mistérios que envolvem essa ferramenta de interpretação. A Leitura da Borra do Café é realizada dentro
de uma hora para atendimentos particulares, e para eventos corporativos são necessários quinze minutos por pessoa. É uma prática que só pode ser realizada pessoalmente.

A borra de café e os elementos

A identificação dos elementos da natureza na Leitura da Borra de Café define como o indivíduo está reagindo ao meio
externo, assim como caracteriza seus pensamentos, sentimentos e motivações. Observe a xícara de um modo geral e tente sentir quais elementos estão em evidência: Ar, Água, Fogo ou Terra.

O elemento Terra tem relação com a vida material.
O elemento Água tem relação com os sentimentos e com as emoções.

O elemento Fogo tem relação com as convicções, com a fé e com a força vital.
O elementoAr tem relação com os pensamentos, com a comunicação e com a sociabilidade.

É natural visualizar dois tipos de elementos na mesma leitura, como, por exemplo, Terra /Ar e Terra/Fogo. Os elementos ajudam a dar uma noção sobre a maneira como o consulente está no momento, veja:

Elemento Terra
Presença de gnomos – Aponta pessoas voltadas para concretização de seus objetivos. Nesse caso, a borra é compacta – se estiver bem definida, com desenhos visíveis/propósitos. Caso esteja mal definida, a energia está pesada, é bom preparar uma nova xícara ou fazer a leitura em outro dia.

Elemento Fogo
Presença de salamandras – Representa pessoas voltadas para os aspectos espirituais ou idealistas. A borra é ramificada em “s” e geralmente cobre toda a xícara, não deixando espaços em branco – os desenhos tendem a ser confusos ou dúbios, o que denota que o consulente possui muita energia. Nesses casos é bom orientar a pessoa a praticar ou desenvolver diversas atividades para equilibrar o excesso energético. Pessoas muito sensitivas, dotadas de muita espiritualidade.

Elemento Ar
Presença de fadas ou de borboletas – O Ar simboliza pessoas voltadas ao plano de ideias, à comunicação e nosso lado social. A borra é ramificada e clara – expressa muita atividade mental, muitas ideias, mas ainda sem direcionamento. Comunicação em alta, muito dinamismo. Sugere descanso ou definição de propósitos.

Elemento Água
Presença de sereias ou peixes – As pessoas voltadas aos aspectos emocionais são representadas pelo elemento Água. Borra com ramificações na horizontal – xícara tem pouco peso. É muito raro uma leitura sair com este elemento, geralmente ela é mista, oscilando entre Ar e Água ou Terra e Água. Água denota muita sensibilidade emocional sem direcionamento.

Caso a xícara mostre apenas um símbolo ou um desenho indistinto, visualmente confuso, considere o momento como
disperso (mental); o ambiente, as pessoas, ou os dois, estão carregados. Faça sempre a leitura quando estiver tranquilo, evitando assim influenciar seus significados. Isso porque os Elementais acabam brincando com você, e os desenhos podem sair de forma estranha.
Acima de tudo, respeite o oráculo. Concentre se. Ore e faça outra leitura. Caso não obtenha respostas, melhor deixar
a leitura para outro dia.

A ritualística da leitura
Para quem gosta de formalizar a leitura, deixando o ambiente com aspecto oracular, e se preparando para tal, veja algumas opções.
• Prepare a mesa com uma toalha.
• Acenda um incenso e uma vela.
• Concentre-se antes de fazer a leitura.
• Durante a leitura, observe o aspecto geral da borra sobre a borra. Quanto mais espessa ela ficar, mais energia está sendo bloqueada pelo consulente. Quando isso acontecer, faça um novo pensamento e lave a xícara, colocando na sequência uma nova borra.
Quando os traços saírem muito “fracos” ou com várias ramificações, denota que o consulente precisa focar melhor seus objetivos. Muitas ramificações indicam excesso mental e estresse.
Não esqueça de avaliar, também, os desenhos que acompanham o conjunto. Por isso, é interessante fotografar e examinar várias vezes para adquirir muita prática e aguçar sua intuição e o olhar de observador de imagens.
Perceba se a xícara está pesada ou leve, se o conjunto dos desenhos tem movimento, dessa maneira, você poderá complementar os significados dos símbolos. A asa da xícara separa o passado do presente e do futuro.
Seu fundo geralmente revela um alerta para o momento atual.
Procure visualizar a borra que escorre até a base da xícara e faça primeiro a leitura destes traços. Em geral, a borra de café mostrará apenas os aspectos atuais e futuros, o passado só será revelado quando houver algo importante para mencionar.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo

Main Menu