fbpx

Os Chakras e a Potência de Luz

chakras

Chakras são centros, vórtices de energias que ligam os nossos corpos uns aos outros. Eles se situam nos nossos campos sutis e canalizam para nós informação espiritual e força vital; e é através desses canais de energia que recebemos a potência de Luz. Todos os corpos têm os chakras e todos se interligam.
Os três primeiros chakras são dos corpos sutis da 4ª dimensão e que estão começando a manisfestar-se na 3ª dimensão.

Portão Estelar
Situa-se 30 cm acima da nossa cabeça e sua função é colocar-se em conexão com o Cosmos, de forma que sintamos as vibrações que vêm do espaço.

Estrela da Alma
Fica uns 15 cm acima da nossa cabeça e nos faz entrar em contato com Cristo, que é a nossa alma. Neste chakra, a mensagem que vem do
espaço é traduzida para a nossa alma, adaptando-se à nossa linguagem pessoal, de forma que possamos compreender os inúmeros símbolos que nos chegam, muitos dos quais incompreensíveis. É através deste chakra que toda a linguagem simbólica passa a ser aceita pelos nossos códigos verbal e visual, transformando-se na linguagem do Cristo, quando, então, podem sintonizá-lo e ativá-lo.

Chakra Causal
Está situado atrás da cabeça. Além de entrar em contato com o corpo, ele mexe com o nosso trabalho de unidade. Isso significa que nós sentimos a unidade do Cosmos com a matéria que nos chega através deste chakra.
É o caso da confusão do caos. Por exemplo: se nós soubermos ter consciência do nosso chakra causal, nós teremos mais paz para pensar nas coisas. Ele nos dá a capacidade de coordenar, organizar, sem se envolver com o caos do momento ou de uma determinada situação.
O chakra causal lança informações para o nosso corpo físico e assim vai nos alimentando.

Coroa ou Coronário
Localiza-se no alto da cabeça, é a entrada para o corpo físico e relaciona-se com a glândula pineal. Até um tempo atrás ele fazia o trabalho sozinho: canalizava todas as energias da 4ª dimensão e de outras.

Frontal ou Terceiro Olho
Mental = pensamento: cria-se a forma mental do que se pretende, envolvendo-a em Dourado e Verde, dentro da forma geométrica, que pode ser oval, quadrada, estrelada…como se achar melhor.
Situa-se entre as sobrancelhas, relaciona-se com a glândula pituitária ou hipófise e suas cores são o Dourado e o Verde: Dourado da atenção e Verde da concentração.

Coordenador
Localiza-se atrás na nuca, abaixo do chakra causal e o seu Raio é o branco, da pureza e da esperança. Relaciona-se com o hipotálamo e sua função é fazer com que nosso plexo Solar tenha uma atividade menor, pois está ligado ao astral inferior. Ou seja, diminuído o astral inferior  aumentando o superior, poderemos parar de atuar com o plexo e começar a fazê-lo com a cabeça, num plano superior. É uma maneira de sutilizar o corpo físico, diminuindo suas necessidades e aumentando as superiores. É nesse processo que podemos nos conectar com nossas asas.

Laríngeo
Verbal = palavra: disparamos o verbo para iniciar o processo de materialização. É falando, verbalizando, que materializamos tudo, que  trazemos do invisível através da garganta. Diante disso, podemos entender a necessidade dos apelos e decretos aos Mestres, pois é nesse processo que se envolve a cabeça, o coração e a garganta, e que vamos ativando as energias para que elas possam atuar na Terra.
Situa-se na laringe e é responsável pela conexão entre a palavra e o pensamento. Atualmente, todos os tons de Azul – do água-marinha ao turquesa-índigo – são utilizados para meditações sobre este chakra, mas existem outras cores com as quais podemos trabalhar o chakra laríngeo; portanto, vejamos:

Índigo: trabalha com a cura espacial, com a energia de Sírius. (podemos usar também o Azul com Prata.)
Dourado: desperta a atenção.
Verde: contribui com a cura, consagração e a dedicação.
Verde e dourado: são as cores da precipitação mental, usadas quando se quer criar alguma coisa. Trabalhamos essa energia no plano mental; porém, se não conseguirmos o nosso intento, devemos transferí-la para o chakra cardíaco, onde colocaremos toda a nossa atenção naquilo que queremos materializar com o fermento do “sentimento maior”.
Numa meditação, podemos fazer bolas Douradas e Verdes, ou então construir pirâmides, visualizando estrelas Douradas na cabeça.
Nada mais oportuno do que abordar o processo de criação seguindo-se à colocação do chakra laríngeo, pois é através da palavra,
emitida pela laringe, que a criação se materializa.

Cardíaco
Coração = sentimento: através do chakra cardíaco, que se relaciona com o timo (Íntimo Cristo), nós colocamos a devida atenção na forma mental estruturada no passo anterior. Trazemos aquela forma, envolta em Dourado, Verde, para dentro e junto do coração, onde se encontra a Chama Trina, com o Azul, Dourado e Rosa.

Plexo Solar
Todos os tipos de problemas emocionais podem ser tratados equilibrando-se este plexo. Através dele, todos os nutrientes são estimulados  as emoções, reintegradas, além de promover um maior desenvolvimento da sensitividade e da intuição. Os corpos astral e etérico são ligados através deste chakra.
Sua cor predominante é Amarelo ou Laranja, e uma vez que recebe muita energia do meio ambiente, ele pode se sobrecarregar e acarretar distúrbios emocionais.
Através das cores Amarelo e Branco, podemos fazer a abertura desse chakra, e com o marrom podemos fechá-lo. Se funcionar bem, o plexo Solar será brilhante e cheio de vitalidade; por este motivo protegê-lo é muito importante.

Chakra Sexual
O chakra sexual situa-se um palmo de mão abaixo do umbigo, desenvolvendo nossa energia sexual e nossa criatividade. É ligado também à produção de adrenalina, e ao amor do Homem pela Terra e pela Natureza. Tudo que criamos em nossa mente se ativa para manifestação através deste centro de energia. Fisicamente rege os órgãos sexuais.
Sua cor é o laranja e a pedra cornalina é ótima reguladora.
Ao visualizar a luz laranja entrando em seu corpo através deste chakra, faça com que ela se espalhe em círculos concêntricos por toda a região abdominal.

Chakra Básico
O chakra básico fica situado na direção da base da coluna, bem acima dos órgãos de reprodução, e se relaciona com a parte inferior do corpo, os pés, a ancoragem, e os instintos físicos. É através dele que plantamos nossos pés no chão e nos relacionamos com o mundo
físico, sua cor é o vermelho.
As pedras vermelhas como a granada se relacionam diretamente com o sangue e a circulação. As pretas como a turmalina preta são pedras de proteção contra a negatividade.

Chakra Estrela da Terra
A Estrela da Terra está localizada aproximadamente quinze centímetros abaixo da sola dos pés. Entre o Chakra Causal e a Estrela da Terra ficam os demais oito chakras principais.
Correspondem neste ponto, centros de energia presentes na sola dos pés. Os dois chakras da planta dos pés e a Estrela da Terra formam um triangulo com a ponta virada para baixo, que canaliza a Essência Divina não só através do corpo físico, mas também para as próprias raízes do relacionamento de um ser humano de luz com a Terra. A recriação da matéria depende desses raios estelares, que se infiltram na própria substância que compõe a Terra.
Ao ativar a Estrela da Terra, a própria natureza da materialidade se torna sintonizada e afinada com a força produtora de vida da própria criação. Quando as pessoas puderem andar nesta Terra e vibrar essa frequência, as transmissões cristalinas se tornarão uma realidade, a prova viva do perfeito autocontrole. Quando está plenamente ativada e sintonizada com os três chakras transpessoais superior, A Estrela da Terra tece os cordões brancos dourados do Divino Impessoal no e através do reino do que é humanamente pessoal, criando um novo modelo de existência mundana. Esse é o papel que todos podemos representar, contribuindo para a espiritualização da nossa Terra.

O plano físico é regido pelas leis da polaridade. A estrela da Terra é o ponto de polaridade vital através do qual a consciência divina do Portão Estelar, da Estrela da Alma e do Chakra Causal atinge plena expressão. Na ativação consciente dos três chakras superiores, é necessário simultaneamente despertar a Estrela da Terra. Na verdade, só é possível estimular a Estrela da Terra com os raios cósmicos que emanam dos chakras transpessoais. Da mesma forma, a consciência associada com os centros superiores de energia anseia por encontrar a plenitude última na colheita das sementes anímicas enraizadas nos elementos da matéria. O equilíbrio e a harmonia criados entre os chakras transpessoais acima do alto da cabeça e a Estrela da Terra, sob a sola dos pés, estabilizam a polaridade adequada através da qual a presença sagrada da força eterna pode se elevar e renovar a Terra.

Práticas especificas com as Meditações do Sol, bem como a sintonia e o trabalho com a Hematita, podem ser extremamente úteis para o fortalecimento do ser humano de luz na preparação para a estimulação máxima do Chakra da Estrela da Terra.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Logo

Selecione uma Categoria